PROGRAMA ACCELERATOR:
BLIK E RIO INICIAM FASE PILOTO EM CONJUNTO

A startup "blik" com sede em Munique, vencedora do primeiro "RIO Start-Up Pitch Night", está lançando a primeira fase de testes para sua solução de intralogística com seu cliente piloto, a MAN Truck & Bus. O projeto piloto envolve o uso de sensores para rastrear as transportadoras de carga em tempo real enquanto elas se dirigem entre as fábricas da MAN em Munique e Salzgitter. Com base nestes dados, os processos de planejamento podem ser desenvolvidos de forma mais transparente e simplificado. No programa "Accelerator" com duração de vários meses, a equipa da "blik" aperfeiçoou em conjunto com o RIO o seu serviço digital para a otimização de processos de logística. O RIO apoiou a startup com orientações e treinamentos específicos, além de uma ajuda financeira no valor de € 50.000.

"São precisamente as startups como a "blik" que desempenham um papel importante no desenvolvimento de novas tecnologias, serviços e produtos inovadores e modelos de negócio digitais. Como resultado da cooperação e mentoria, eles se beneficiam da nossa experiência, enquanto o RIO e seus parceiros da plataforma, em troca, lucram com a criatividade e o espirito empreendedor sempre com o objetivo de criar soluções de logística mais eficientes para o setor", afirma Martin Kaspar, Tecnologia e "Start-Up Scout" do RIO. O CEO do RIO Markus Lipinsky acrescenta: "A nossa plataforma distingue-se precisamente pela sua abordagem aberta e cooperante. Conseguimos alcançar um ecossistema de transportes e logística conectados, através da troca de ideias e a colaboração das pequenas empresas muitas vezes muito inovadoras em parceria com os pesos pesados do setor".

Para o teste do projeto piloto cerca de 100 caminhões, que estarão entre as fábricas da MAN em Munique e Salzgitter durante as próximas semanas, já foram equipados com os sensores de teste, podendo assim ser localizados em tempo real. Além disso, os gestores responsáveis pela expedição têm a possibilidade de visualizar o estado da carga (cheio ou vazio) do caminhão. Desta forma, a „blik“ proporciona informações valiosas sobre os processos em tempo real, ajudando na redução de processos de rastreio e criando assim uma base para a otimização de processos dentro da cadeia de transportes e distribuição. Após uma fase piloto bem-sucedida, pretende-se a integração na plataforma RIO. Toda a frota de teste é disponibilizada pela empresa de transportes "SCHERM". O grupo "SCHERM" é um fornecedor de sistemas internacional na indústria automotiva, com foco na logística de distribuição e produção.

"Durante a nossa colaboração ficou claro que o RIO e a "blik" se complementam de forma perfeita quanto à sua visão e maneira de pensar: Na "blik", nós criamos transparência em armazéns e centros de produção, o RIO faz o mesmo para as rotas de transporte em toda a cadeia de transportes e logística. Trabalhamos em conjunto para criar um serviço de intralogística com grande valor para o cliente. Estamos muito satisfeitos que esta solução esteja sendo implementada e testada pela MAN Truck & Bus, uma empresa experiente e competente", afirma Bastian Burger, CEO da "blik" GmbH.

Através de uma combinação de software e hardware, a "blik" GmbH permite a monitorização de mercadorias e de processos em tempo real para a Indústria 4.0. Para isso envolve o uso de tecnologia do sensor ativo com uma vida útil de vários anos para registrar e rastrear milhares de componentes ao mesmo tempo. Os dados gerados são analisados e disponibilizados para o cliente em tempo real. Esta orientação tecnológica permite fazer um acompanhamento viável e simultâneo de várias mercadorias ou caminhões. Além de uma grande transparência, os clientes se beneficiam principalmente na redução dos custos e tempo em toda a cadeia logística.

O RIO lançou seu próprio acelerador de startups de logística no ano passado. A "blik" foi selecionada como vencedora em mais de 70 inscrições após uma rodada final de seleção no "Start-Up Pitch Night", em Munique, em 13 de julho de 2017.

 

Imagens para download

false

Imagem 1

Os primeiros sensores da blik foram instalados esta semana na fábrica da MAN Truck & Bus, por Martin Kaspar (RIO), Erich Schmidl (Spedition Scherm), Taner Guenaydinoglu (MAN), Bastian Burger (blik), Domenico Concia (Spedition Scherm) e Fabian Maier (MAN).
© RIO | TB Digital Services GmbH

Download

false

Imagem 2

Os primeiros sensores da blik foram instalados esta semana na fábrica da MAN Truck & Bus, por Martin Kaspar (RIO), Erich Schmidl (Spedition Scherm), Taner Guenaydinoglu (MAN), Bastian Burger (blik), Domenico Concia (Spedition Scherm) e Fabian Maier (MAN).
© RIO | TB Digital Services GmbH

Download